09 Jul 2019

Objeções na mudança de seguros associados ao crédito habitação

O processo de mudança de seguros associados ao crédito habitação é um processo rápido e muito vantajoso. Esta mudança permite poupar muito dinheiro, ao mesmo tempo que aumenta as coberturas e a sua segurança financeira. Neste artigo vamos apresentar as principais objeções para a mudança dos seguros e mostrar que são facilmente contornadas.

O banco não deixa mudar os seguros

Esta é a primeira objeção e a primeira mentira. O banco não tem de deixar mudar os seguros. Saiba que o banco está impossibilitado, por lei, a impedi-lo de mudar os seguros para uma seguradora à sua escolha.

O spread vai subir se eu mudar os seguros

Esta é uma objeção válida, mas que nem sempre é verdadeira. Na prática, vários bancos concedem-nos um desconto comercial ao nível do spread se contratarmos outros produtos ou serviços. Pode acontecer que se mudar os seguros vá perder esta bonificação. Mas pode também acontecer que seja possível contratar um produto alternativo e evitar esta perda. Saiba também que mesmo que tenha a perda desta bonificação, a poupança gerada pela mudança de seguros é muito superior. Fica sempre a ganhar.

O seguro não vai ser tão bom

Muitos bancos solicitam a contratação de seguros com coberturas muito básicas (tipicamente obrigam à IAD, quando deveriam propor ITP), pois assim têm a possibilidade de cobrar prémios que destoam menos dos prémios cobrados por seguradoras especialistas como a April. Assim, ao mudar o seu seguro de vida crédito habitação para a April, irá conseguir não só poupar bastante dinheiro como aumentar em muito as suas coberturas. Logo, mudar de seguro é melhor não só em termos de preço, mas também em termos de segurança financeira.

Não mudo de seguro porque dá muito trabalho

Tudo o que vale a pena na vida tem algum esforço. O extraordinário é que tendemos a esforçar-nos por algumas coisas e desconsideramos outros esforços, mais baixos, que nos trazem bastantes mais benefícios. Mudar de seguros implica alguma burocracia. No entanto, o seu mediador de seguros pode tratar de tudo por si. Claro que tem de preencher uma proposta. Responder a um questionário clínico e eventualmente fazer exames médicos. Mas por que não pensar que estes exames são um check-up gratuito que a companhia de seguros lhe oferece.

A poupança não justifica

Se fizer uma simulação irá perceber que a poupança associada à mudança dos seus seguros é muito significativa. Sugerimos também que não olhe apenas para a poupança no primeiro ano mas que tenha em atenção a evolução do preço ao longo dos anos. Aí é capaz de ter uma enorme surpresa. Sabia que há pessoas que pagam mais de seguros do que de prestação de crédito?