21 Ago 2019

Porque tenho de fazer exames médicos para ter um Seguro de vida?

Está a subscrever um Seguro de vida e pediram-lhe para fazer exames médicos? Tem dúvidas dos motivos pelos quais tem de fazer estes exames? Neste artigo vamos falar-lhe da importância e das vantagens destes exames médicos para a sua vida.

Porque tenho de fazer exames médicos?

Os Seguros de vida protegem-no, à sua família ou aos seus descendentes das consequências financeiras inerentes à morte ou a determinados graus de invalidez. Assim, é natural que a Companhia de Seguros queira perceber o risco que está a correr ao assinar o Contrato, isto porque o risco pode ser maior ou menor dependendo do seu estado de saúde.

O resultado destes exames médicos poderá implicar:

  • Aceite às condições normais – Aplica-se a tarifa padrão para as pessoas seguras que sejam consideradas saudáveis;
  • Aceite com agravamentos – Existem patologias que poderão aumentar o risco de morte ou de invalidez, mas que não são graves ao ponto de obrigar a uma exclusão. Nestes casos, existem agravamentos no prémio cobrado;
  • Aceite com clausula de exclusão – Determinadas patologias ou resultados médicos poderão originar riscos excluídos da cobertura da apólice. Falamos aqui de riscos graves para a saúde ou de situações pré-existentes.
  • Não aceite – Em casos muito específicos a Companhia de Seguros pode optar por não aceitar a contratação do Seguro junto de determinado Cliente.

Será que devo fazer estes exames?

Dependendo das condições do Contrato é possível que tenha de realizar exames médicos. Estas condições dependem fundamentalmente da idade da pessoa, do capital a segurar e da resposta aos questionários clínicos. Em qualquer dos casos, sugerimos que tenha em mente:

  1. Fazer exames médicos não tem de ser encarado como uma chatice ou como algo desnecessário. Podemos apostar numa postura de maior prevenção e ganhar o hábito de fazer exames regulares de modo a triar eventuais problemas de saúde.
  2. Os exames médicos podem ser considerados como check-ups gratuitos, na medida em que é a Companhia de Seguros que paga todos os custos. Tenha em mente que diversos exames que realizámos nos últimos salvaram vidas. É verdade. Identificámos diversas patologias ou problemas de saúde que o Cliente desconhecia, tendo sugerido um acompanhamento por parte do médico do Cliente.

Quais as consequências de mentir nos exames?

Podemos sempre ocultar alguma informação ou patologia que tenhamos conhecimento. A tentação pode ser grande, na medida em que um problema de saúde pode resultar num agravamento ou numa exclusão. No entanto, tenha sempre em mente que as declarações de saúde devem ser verdadeiras sob pena do Contrato ser inválido. Por exemplo, quem não conhece quem tenha feito um Seguro automóvel em nome de outra pessoa para poupar dinheiro? Sabia que esse Contrato é inválido?

O que posso fazer se ocultei alguma informação?

Na eventualidade de ter ocultado alguma informação deverá contactar a sua Companhia de Seguros de modo a regularizar a situação. Por outro lado, se o seu estado de saúde melhorou nos últimos anos, poderá sempre pedir uma reavaliação das suas condições de saúde e, eventualmente, baixar o preço do seu Seguro. O fundamental é que exista uma parceria entre a Companhia de Seguros e o Cliente para garantir uma melhor experiência de Seguro. Os interesses estão alinhados. O Cliente quer ter saúde e viver mais anos e a Companhia de Seguros também o quer, daí que a April Seguros ofereça a todos os seus Clientes um serviço de cuidados médicos e de bem-estar, de modo a promover uma cultura de prevenção e de saúde.