viajar
09 Jul 2020

Poupe este verão para viajar em 2021

Perante a recessão económica e a pandemia que o mundo atravessa, poupar tornou-se a palavra de ordem para uma grande maioria. No entanto, como qualquer coisa na vida, depende sempre da perspetiva com que olha para ela. Se este ano as férias que planeava para fora do país foram por água baixo, uma vez que as viagens continuam desaconselhadas, porque não pensar em poupar até ao verão de 2021 para fazer a viagem dos seus sonhos ou fazer duas viagens mais pequenas?

Viajar é um enriquecimento pessoal valioso, que nos dá sentido à vida e nos pode fazer evoluir em todos os campos – até no profissional.

No entanto, tendemos a olhar para o que nos resta do orçamento – depois das contas principais pagas – com bastante negatividade. É frequente acharmos que não podemos fazer alterações ao nosso estilo de vida, porque já vivemos no limite do orçamento mensal.

São muitos os especialistas que vão das finanças pessoais, a jornalistas e até bloggers de viagem que asseguram que é de facto possível poupar. Alguns deles vivem das viagens que fazem e começaram a poupar todos os euros, sem patrocínios. É preciso mudar um pouco o nosso “sistema de crenças” – aquilo que acreditamos que somos capazes ou que vamos conseguir – ter a motivação para experimentar e começar a obter alguns resultados. É um caminho a fazer todos os dias – poupar com objetivos muito específicos é sempre mais fácil, por isso tenha atenção a estas ideias:

 

  • Comece hoje um mealheiro de viagem ou conta poupança: poupar é sempre importante, mas, se quer viajar, pense em ter uma conta à parte só para isso ou, no mínimo, um mealheiro. Abra uma conta sem comissões de manutenção, já há muitas no mercado nacional, ou uma na banca online, que lhe dá outras vantagens. Faça uma poupança orientada. Se poupar 10 euros por semana, ao fim de um ano serão sensivelmente 480 euros poupados. Imagine como retirar à sua rotina esses 10 euros. Além de ter uma quantia fixa (e adaptada ao seu caso), ir retirando as moedas do troco de compras e gastos correntes para um mealheiro é outra estratégia a considerar. Essa parte da poupança pode depois servir para os gastos correntes na viagem, como águas, cafés ou bilhetes de transporte.

 

  • Reduza custos com jantares, saídas e fins de semana: os nossos hábitos culturais levam-nos a multiplicar jantares e saídas à noite. São saudáveis os hábitos de convívio no sul da Europa e acentuam-se mais ainda no verão. O problema é que é muito fácil gastar demasiado dinheiro com isso. Dado que a pandemia também nos obriga a evitar ajuntamentos e grandes convívios, este é talvez o verão ideal para o fazer. Tente limitar esses gastos aos encontros que são mesmo importantes, com as pessoas mais próximas. Vai programar imensos fins-de-semana ou sunsets com amigos este ano? Pode contornar isso com o tradicional café, há sempre maneira. Poupará muito.

 

  • Compre viagens com antecedência e evite a época mais cara: tudo o que seja demasiado em cima da hora, em épocas muito procuradas, e com falta de planeamento, implica gastar mais. Pode conseguir viagens realmente baratas, assim como alojamento (hostels e aluguer a particulares com características várias) e outras vantagens, se de facto procurar bem. Apostar em horas de pesquisa pode poupar-lhe muito dinheiro.

 

  • Um rendimento extra é ideal: dependendo do seu estilo de vida, é muitas vezes possível obter um rendimento adicional pondo algumas das suas habilidades ao serviço dos outros. Pode simplesmente tentar passear os cães dos vizinhos, responder a inquéritos online, participar em estudos de mercado ou fazer cliques em sites de anunciantes. Pode dar explicações, fazer traduções ou fazer inserção de dados. Se durante a semana não é mesmo possível, imagine abdicar de uma manhã de fim de semana durante uns meses. Pense bem o que se aplica ao seu caso e vá pondo esse dinheiro de lado para a sua viagem.

 

  • Corte nas telecomunicações: muitos consumidores têm pacotes de telecomunicações caros e com muito mais canais de TV e opções do que aquelas que realmente usam. Precisa mesmo de tantos canais? Para além dos canais de sinal aberto (onde já há canais de notícias), aproveite o que está disponível na internet, em sites como o Popcorn, onde pode ver filmes e séries grátis. Pode poupar centenas de euros ano.

 

  • Junte (poucos) amigos em casa, na praia ou num piquenique: pode gostar de viajar, mas também gosta dos seus amigos e família. Esteja com eles em grupos restritos, cumprindo as indicações da DGS, mas tente contornar as habituais combinações dispendiosas para ir ao restaurante da moda. Faça por organizar reuniões em casa onde todos contribuem com algo, piqueniques, idas à praia, sessões de cinema em casa, espectáculos ao ar livre…qualquer coisa que os possa juntar e não pesar tanto no orçamento.

 

  • Experimente o Couchsurfing ou similares: nesta forma de viajar precisa de ter um sofá/quarto em sua casa onde recebe viajantes a custo zero, trocando experiências com eles, enquanto tem também oportunidade de ser acolhido noutros países. Exige um espírito de partilha muito acima da mera poupança, mas, para quem vê vantagem em conhecer um país integrado nos hábitos locais e na vida real das pessoas, terá uma experiência muito mais completa. E não é só para jovens ou solteiros. Há famílias com filhos a fazê-lo e a receber outras famílias. Pesquise nas plataformas deste género e saiba mais. 

 

Em viajem, pode precisar de seguros. Para partir descansado, é mesmo necessário pensar antecipadamente na sua segurança e na da sua família.

Saiba o que a APRIL pode fazer por si: para além de Seguro de Vida, temos seguros que cobrem a pandemia e seguros de acidentes pessoais (que também têm coberturas que cobrem pandemia). Tudo com planos e coberturas ajustados à carteira de cada cliente, com muito poucos euros mês.

Esclarece qualquer dúvida aqui e contacte-nos para esclarecimentos adicionais.

Como posso saber mais?

Através da nossa Área de Cliente APRIL Seguros, com equipas especializadas que prestam um serviço de atendimento e suporte personalizado. A linha APRIL 808 300 123 / 213 433 362 disponível todos os dias úteis, de 2ª a 6ª feira, das 9h às 13h e das 14h às 18h (custo de chamada local). Estamos inteiramente ao seu dispor.

*leia aqui a segunda parte deste artigo.