07 Ago 2020

O Vida Crédito APRIL é a escolha acertada do mercado

Já muito escrevemos aqui sobre o facto de só alguns seguros de vida lhe darem vantagens significativas e de poder aprender a escolher, por si mesmo, quais as variáveis a ter em conta.

A APRIL acredita na força e diferenciação do seu produto e orgulha-se de ter sido eleita, uma vez mais, a escolha acertada, num estudo independente.

A associação que publica a análise é conhecida pelos seus estudos de mercado nos mais diversos produtos e serviços e diz, sobre a sua escolha:

«Além do preço, avaliámos períodos de carência, exclusões, prazos de pagamento e percentagens de invalidez para ITP (Invalidez Total e Permanente), a cobertura mais alargada. Mas referimos também as melhores opções para quem prefere IAD (Invalidez Absoluta e Definitiva). As ‘Escolhas Acertadas’ oferecem a melhor qualidade ao melhor preço, considerando os prémios pagos ao longo de todo o contrato. Para cada uma, indicamos a poupança média anual face à média do mercado».

É um facto que com a APRIL seguros pode conseguir poupar até 60% no seguro de vida associado ao crédito habitação. Mas como deve fazer as suas contas e perceber a sua situação, na prática? Recordamos-lhe tudo, de forma simples, abaixo.

 

Deve ou não mudar de seguro?

O Seguro de Vida vem muitas vezes associado à compra de casa, e a transferência deste seguro associado ao Crédito Habitação tem, habitualmente, duas grandes motivações: a redução do preço, muitas vezes a principal, e o aumento das coberturas, porque muitas pessoas têm coberturas desajustadas às suas necessidades.

A transferência do Seguro de Vida é possível por lei há já alguns anos, desde 2009, embora muitos consumidores ainda o desconheçam. Nenhum banco pode impedir a transferência para uma outra seguradora que não seja aquela que o banco recomenda.

A única penalização que pode ter é que o banco lhe aumente o spread – e ainda assim, na maioria das vezes, continua a compensar mudar. O consumidor deve fazer a comparação com todas as variáveis e fazer as suas contas. Pode conseguir poupanças significativas de até 60%.

Quando alguém contrata o serviço, e mesmo na atualidade, até pode ter a sensação de que o peso do seguro no seu orçamento não é enorme. No entanto, a maioria esquece que à medida que envelhece o prémio do seguro de vida irá aumentar bastante. É preciso pôr em causa se compensa mudar de seguradora, mesmo com agravamento de spread.

 

Como fazer o diagnóstico?

Para perceber se vale ou não a pena mudar o seu seguro de vida, deverá ter em consideração três variáveis muito importantes:

Prémio Atual – Quanto paga atualmente pelo seguro de vida associado ao crédito habitação.

Spread Atual do Seu Crédito Habitação – Pode até compensar mudar todo o crédito habitação para outro banco, especialmente com spreads a partir de 1,7%.

Análise à escritura – Apesar do banco não poder rever as condições do seu spread, pode desencorajá-lo a mudar de seguradora.

 

Para além da poupança imediata, considere:

  • Spread que tem atualmente e eventual penalização por mudança do seguro;
  • Custo com os seguros e respetivas coberturas;
  • Evolução do prémio do seguro ao longo da vida de todo o contrato;
  • Deverá comparar a redução do prémio do seguro com o eventual agravamento da prestação da casa por via do aumento do spread. Mesmo quando há agravamento é habitual compensar. O agravamento não é garantido e muitas vezes a forma de o evitar pode passar pela contratação, no banco, de outro produto de que necessite realmente.

 

O nível de poupança

É um facto que a maioria das pessoas nem olha para o seguro de vida quando contrata o crédito habitação. Por isso reforçamos: se nunca olhou para o prémio do seu seguro de vida e se nunca teve o cuidado de o negociar, é muito provável que esteja a perder dinheiro.

Há inúmeros exemplos de poupanças significativas. E se considerarmos que os contratos duram vários anos, imagine quanto pode poupar (se poupar apenas 10€ num contrato de 30 anos, irá poupar pelo menos €3.600, ignorando o impacto da variação da idade no prémio do seguro de vida).

Exemplos práticos a reter:

Imagine que faz as contas e constata que pode poupar 50% do prémio mensal do seguro de vida. Imagine que essa poupança é de €30 por mês. Agora, deverá perceber quanto poderá ver o seu spread agravado em caso de mudança. Na maioria dos casos, o benefício associado à inclusão do seguro de vida na escritura é de 0.10%.

Num contrato de €100.000 a 30 anos e com taxa de juro de 1.9%, o agravamento de 0.10% é de… 5€ mensais. Poupa, assim, €25 todos os meses, o que no final do prazo resulta numa poupança de pelo menos €9.000.

 

Tenha ou não um crédito habitação, conheça todas as vantagens do Vida Crédito APRIL, considerado 7 vezes consecutivas a escolha acertada do mercado, bem como nas restantes modalidades de Seguro de Vida que temos para que disfrute de uma vida mais tranquila e sem percalços, em tempos de incerteza.

 

Como posso saber mais?

Através da nossa Área de Cliente APRIL Seguros que tem equipas especializadas que prestam um serviço de atendimento e suporte personalizado.

Contacte-nos também pela linha APRIL 808 300 123 / 213 433 362 disponível todos os dias úteis, de 2ª a 6ª feira, das 9h às 13h e das 14h às 18h (custo de chamada local). Estamos inteiramente ao seu dispor.