PESQUISAR
teletrabalho

Sabe como manter uma postura saudável no trabalho?

As situações de teletrabalho vieram para ficar. O futuro de algumas empresas, e do ambiente, passa, possivelmente, pela intensificação dessa opção nos próximos anos, num mercado de trabalho global.

Neste contexto há um novo espaço para as pessoas adotarem más posturas, nomeadamente as que não costumam trabalhar em casa e que não têm os espaços e o mobiliário adaptados. As más posturas recorrentes podem levar ao aparecimento de dores nas costas ou ao agravamento de lesões prévias. Perceba como se pode defender e estender essas ideias a quem o rodeia.

Quem passa muitas horas à frente do computador e executa movimentos repetidos com as mãos e punhos, além de permanecer horas sentado, deve estar atento. Em contexto de trabalho algumas lesões posturais são bastante comuns, como as lesões por esforços repetitivos, que são distúrbios ou doenças do sistema musculoesquelético e que atingem principalmente os membros superiores. São causados, na maioria dos casos, pela repetição de movimentos. Alguns dos seus sintomas são dor, sensação de “formigueiro”, sensação de peso e fadiga, principalmente nos ombros.

As dores nas costas surgem, muitas vezes, como resultado do trabalho diário que executamos e, dizem as estatísticas, que atingem 70% da população, em Portugal.

Por um lado, existem profissões/atividades que implicam um esforço físico elevado, sobretudo na carga de objetos pesados. Por outro, a maioria da população ativa tem de estar sentada em frente a uma secretária pelo menos 8 horas por dia, de forma contínua e com posturas contrárias à saúde da coluna.

As situações de teletrabalho vieram para ficar, veja como adotar a postura correta.

  • Quando está sentado, mantenha a coluna direita e encostada às costas da cadeira, sem esquecer que os pés devem estar pousados no chão e os joelhos deverão estar fletidos num ângulo de 90°;
  • Use uma cadeira de escritório com ajuste de altura. É essencial que a sua cadeira facilite uma boa postura para evitar lesões musculares e dores nas costas ou pescoço, portanto, uma cadeira adequada, com apoio para os braços e suporte lombar.
  • Mantenha o monitor do computador ao nível dos seus olhos, utilizando um suporte, livros ou até resmas de papel; 
  • Evite cruzar as pernas constantemente. Cruzar as pernas pode causar danos a longo prazo na zona pélvica e até na flexibilidade das suas pernas;
  • Coloque o teclado e o rato perto de si, assim como outros objetos que utiliza com frequência;
  • Se tiver de trabalhar e falar ao telefone em simultâneo, use um par de auscultadores ou auriculares, de modo a evitar segurar o telemóvel ou telefone entre o ombro e a cabeça;
  • O hábito de se levantar é crucial, faça questão de o fazer a cada 30 ou 45 minutos (e manter-se alguns minutos de pé, se possível), mesmo que brevemente para andar ou alongar, o que vai aliviar qualquer pressão que esteja a colocar nos discos intervertebrais.

Gostou das nossas Dicas? Também precisa de Dicas para Seguros?

Fale nossa Área de Cliente APRIL Seguros que tem equipas especializadas que prestam um serviço de atendimento e suporte personalizado.

A linha Atendimento ao Cliente 211 164 311 está disponível todos os dias úteis, de 2ª a 6ª feira, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 (custo de chamada local). Se preferir envie-nos um email: seguros@april-portugal.pt 
Estamos inteiramente ao seu dispor.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Quero ser contactado

Talvez você goste destes artigos...

Quero ser Contactado.

Quero ser Contactado.

Quero ser Contactado.

Quero ser Contactado.

Quero ser Contactado.

Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, de publicidade e de análise, que as podem combinar com outras informações que lhes forneceu ou recolhidas por estes a partir da sua utilização dos respetivos serviços. Concorda com os nossos cookies se continuar a utilizar o nosso website.