seguro de vida
18 Out 2017

Atualização do Seguro de Vida Crédito Habitação – Como funciona?

Descubra como funciona a atualização do capital do Seguro de Vida associado ao Crédito Habitação e conheça os seus direitos. O Seguro de Vida associado ao Crédito Habitação, é um contrato de Seguro que, em caso de Morte ou Invalidez constatada, liquida o valor do empréstimo ao Banco.

Atualização do Capital

A 10 de dezembro de 2009, entrou em vigor o Decreto-Lei nº222/2009, que define os deveres de informação, por parte das Entidades Credoras do Crédito Habitação, a respeito do capital em dívida à Seguradora de Vida que protege o referido capital. Com este Decreto-Lei, os Bancos têm de comunicar de forma automática, as atualizações do capital em dívida, para que a Entidade Seguradora possa proceder redução do valor do Prémio do Seguro.

O que significa para o Cliente?

No passado o capital em dívida não era automaticamente atualizado, o que significava que independentemente de amortizações de capital o seguro continuava a assumir o capital inicial. Este facto implicava que o cliente estava a pagar um seguro superior ao que era suposto.

Com esta alteração em 2009, as Seguradoras passam a receber, periodicamente, o extrato do capital em dívida do Cliente, podendo, assim, atualizar o capital seguro e, consequentemente, reduzir o Prémio da sua Apólice.

Faz diferença no preço do Seguro de Vida?

Uma vez que as principais variáveis que influenciam o preço/prémio dos seguros de vida são, precisamente, o Capital e a Idade, esta alteração significa que apesar do Cliente ir aumentando de idade, a redução do capital seguro acaba por equilibrar mais os valores, ajudando, assim, a que o Prémio do Seguro não sofra grandes aumentos durante o contrato de Crédito Habitação.

E se quiser estar mais seguro?

A alteração acima referida tem como principal objetivo adequar as coberturas ao capital em dívida no caso do seguro de vida habitação. Caso deseje ter uma cobertura mais ampla poderá contratar um seguro de vida independente e que seja mais flexível em termos de coberturas, capital e beneficiários.